BEM VINDO!!!

A COMUNICAÇÃO É FUNDAMENTAL EM NOSSA VIDA

Aqui você encontra dicas, textos e outras informações para se comunicar bem.

Será um prazer receber suas sugestões e perguntas.

Seja bem vindo!!!


Lugar da Pesquisa

Carregando...
Está gostando deste blog?
Deixe seu comentário e vote na classificação dos textos!
É só um clique: contribua, assim, para a escolha dos próximos assuntos a serem publicados.
O Lugar da Fala é feito para compartilhar temas de comunicação.
Obrigada, mais uma vez, por sua visita!

Responda: A expressão oral (fala) na sua vida é:

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Qual é a idade para que a criança fale corretamente ???

Para as famílias que me perguntam sobre a idade esperada para a aquisição da fala, aqui vão alguns pontos a serem considerados:
- cada criança é única e não pode ser comparada com irmãos, primos, vizinhos, ou amiguinhos.
- a história de cada um marca sua linguagem e o constitui como sujeito.
- o ambiente ou contexto em que a criança vive também é uma variável importante
- as pessoas que cuidam e educam esta criança são essenciais para este desenvolvimento
- a expectativa da família também conta pontos nesta análise
Enfim, além destes ainda há outros pontos importantes, mas estes que foram levantados, já nos assinalam muitos elementos para analisar cada caso.
Por isso, falar do que é “normal “é tão delicado.
Entretanto, naturalmente, quanto mais a criança demora para começar a falar, é provável que o desenvolvimento de sua fala também seja estendido. Isto é, em geral, por volta de um ano, aparecem as primeiras palavras para com dois anos surgirem pequenas sentenças e para que, com três, a linguagem oral esteja bastante desenvolvida, apenas com algumas trocas de fonemas já sendo ensaiados para um padrão de fala semelhante ao do adulto. Atualmente, tenho visto estas trocas já eliminadas antes dos quatro anos, mas isso tem variado individualmente.
Com isso, quero dizer que a linguagem oral tende a se estabelecer de forma hierárquica, seguindo um desenvolvimento cada vez mais complexo, ou seja, o vocabulário vai aumentando, as estruturas gramaticais vão se constituindo conforme a criança tem contato com sua língua.
Então, quando me perguntam se a fala desta ou daquela criança está normal, tenho respondido que o “normal” vai depender de uma soma de fatores que só podem ser considerados mediante uma avaliação fonoaudiológica que leve em conta o exame da criança e o estudo específico daquele caso.
Se as pessoas fossem todas iguais e não houvesse a influência de tantos fatores em seu desenvolvimento, não precisaríamos de profissionais para a avaliação, cada família poderia consultar livros ou a internet e lá encontraria: “para a gagueira, faça isso”; “para problemas na fala, faça aquilo”. Os profissionais não tratam “do problema”, mas “do sujeito que apresenta aquela dificuldade” e é isso que faz a diferenciação para cada sujeito.
Na dúvida, procure um fonoaudiólogo para avaliar o SEU CASO e boa consulta!!!


Leia também: 10 desculpas para não consultar um fonoaudiólogo e Exercícios Fonoaudiológicos

26 comentários:

ligia pires disse...

meu filho tem dois anos e quatro meses.ele é trematuro nasceu de oito meses.minha gestação foi de alto risco.e ele ainda não fala.isso tem algo a ver? abraço

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Como vai, Ligia?
Não há relação direta da prematuridade com possível atraso no desenvolvimento da fala.
Entretanto, gravidez de risco/prematuridade podem influenciar outros fatores que acarretariam problemas nesta área como aqueles relacionados à audição, condição neurológica e até mesmo fatores ambientais que refletem no desenvolvimento.
Marque uma avaliação fonoaudiológica para ter mais informações e peça ao fonoaudiólogo as orientações necessárias.
Um abraço e obrigada pela visita ao blog.

Paula Crabbe disse...

Olá
Meu filho tem 2 anos e 5 meses e nao fala praticamente nada. Ele ficou muito sozinho ate os dois anos de idade. só eu e ele. Acredito q isso atrapalhou no seu desenvolvimento. Faz 2 meses q estou socializando ele. Mudei pra cidade. Ele foi na fono e ele ja fez 5 sessoes e nao teve resultado nenhum. Estou muito aflita. pq ele ja vai fazer 3 anos e nao fala nada? As vezes ele se esforça pra falar e nao consegue. Isso esta me tirando o sono. oq me sugere?

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Bom dia, Paula
Em primeiro lugar, não sinta culpa ou desespero. Você já buscou ajuda que era o que devia fazer. Dependendo da dificuldade (eu não posso dizer, pois não examinei a criança...), os resultados não aparecem imediatamente. Converse com a fonoaudióloga que o atende e se unam para ajudá-lo. Tenha paciência e confiança, ok?
Um abraço

PAULA disse...

oi KATIA,MEU FILHO NÃO FALA O R FRACO,SÓ O SOM FORTE,CARETA ELE FALA CALETA,GOSTARIA DE SABER SE É FACIL DE RESOLVER,ESTOU PREOCUPADA JÁ QUE O ANO QUE VEM ELE VAI PARA O PRIMEIRO ANO.OBRIGADA.

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Obrigada pelo contato, Paula
Sugiro que leia este artigo aqui no blog: http://lugardafala.blogspot.com/2011/01/quantas-sessoes-de-fono-10-fatores.html para compreender melhor sobre o tempo de tratamento.
E ainda: não espere mais. Se está preocupada, marque uma avaliação com um fonoaudiólogo assim que possível.
Um abraço

Mandy disse...

Meu filho tem 4 anos e 8 meses teve sindrome de west e graças a Deus esta curado e tem muita dificuldade com a fala, esta passando com a fono há 2 meses porem agora passou a forçar e engrossar a voz e apertar os olhos para falar. O que seria isso?

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Veja com o(a) fonoaudiólogo(a) que o atende, Mandy. Eu realmente não saberia lhe informar que sintoma seria esse, por não acompanhar e por não trabalhar com pacientes com esta síndrome, mas certamente há uma explicação.
Desculpe por não poder ajudá-la.
Abraço

Anônimo disse...

meu filho tem 4 anos e ainda nao fala corretamente r s ch,vou leva-lo ao fonodiólogo para tirar a dúvida,mas acho que nós maes podemos ir corrigindo,brincando com a criança sem ter que precisa´la levar ao médico

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Desculpe, não entendi o comentário, pareceu contraditório: "Não acredito, mas vou fazer uma consulta."
Lembre-se que esta é uma forma também de comunicar ao seu filho: "vou levá-lo, mas não estou confiante de que isso o ajudará".
Desejo uma ótima consulta e que logo a linguagem de seu filho esteja se desenvolvendo bem.

Unknown disse...

olá Paula, meu filho tem 3 anos e tb não fala praticamente nada. Tô tão preocupada, as pessoas mais próximas a ele entendem um pouco o q ele diz mais os estranhos quase não entendem. ele esta na fono já faz dois meses. esta melhorando aos poucos,mais ainda fala muitooooo enrolado.E seu filho melhorou a fala? me manda um email rachelmaria2008@hotmail.com to tão aflita, me parece q vc tb talvez podemos ajudar uma a outra...abraços

Anônimo disse...

TENHO FILHOS GEMEOS DE 4 ANO E NAO CONSEGUE FALAR O SOM DO S,X,CH ELE TROCA FALA XIXI ELE FALA QUIQUI , SAMUEL ELE FALA CAMUEL .
ELES ESTAO EM TRATAMENTO A 4 MESES O QUE EU POSSO FAZER PARA AJUDAR ? A FONO DISSE QUE ELES TEM A LINGUA FLACIDA .

Anônimo disse...

oi,gostei muito do seu blog e tbm tenho uma duvida ,minha filha tem 3 anos e 6 meses e fala muito enrolado ,ela ja esta fazendo fono e eu faço exercicios com ela em casa ,mas a minha duvida é a seguinte;quando eu falo pa to separado ela fala o pa eo to certinho,mas na hora de juntar as silabas ela não junta de jeito nenhum e é assim com todas as palavras ela cosegue falar as silabas separadas mas não consegue junta-las ,porque sera?tem alguma maneira diferente de ensina-la?meu marido chegou a sugerir que ela tem preguiça de falar ,mas eu não acho que é o caso .

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Sim, você pode ajudar, seguindo as recomendações da fonoaudióloga que está atendendo seus filhos.
Um abraço e ótimo tratamento!

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Obrigada pela visita ao blog e pelo comentário.
Discordo quanto à questão de "preguiça": crianças QUEREM se comunicar. Certamente sua filha está tentando, mas seu cérebro tem outras formas de ordenar a produção das palavras, por isso a fonoterapia é focada na linguagem. Ainda é fase de desenvolvimento da linguagem, portanto foi ótimo que vocês procuraram ajuda logo. Os resultados aparecem mais facilmente. Com 3anos e meio, você pode contribuir com o tratamento, com brincadeiras em casa. Leia aqui no blog os textos "Como ajudar seu filho a falar melhor".
Um abraço

Anônimo disse...

BOA NOITE ! TENHO FILHOS GEMEOS DE 4 ANOS E 5 MESES .ELES FALAM MEIO ENROLADO E TROCA ALGUMAS PALAVRAS .ELES ESTAO COM A FONO A 2 MESES E HOJE ELA PEDIU PARA EU FAZER UMA RESONANCIA DA CABEÇA . FIQUEI COM MEDO .SERA O QUE PODE ESTAR ACONTECENDO ! ELE ESTA NA ESCOLA E ESTA DESENVOLVENDO MUITO BEM COORDENAÇÃ MOTORA FINA E GROSSA , ESCREVE O NOME , ESCREVE OS NUMEROS .ESTOU MUITO PREOCUPADA

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Olá
Sem conhecer seus filhos, não tenho como saber o motivo pelo qual a fonoaudióloga os encaminhou ao neurologista. Recomendo que você tire todas as dúvidas com ela e vá tranquila ao médico. Certamente há uma razão do encaminhamento e deve estar clara para os pais.
Abraço e bom exame!

Anônimo disse...

Olá, minha filha tem 3 anos e 6 meses. Ela já estava com a fala bastante desenvolvida. De 1 mês para cá, ela está tendo dificuldades de falar, repetindo as palavras "de-de-de", "va-va-vamos", etc, ou seja, palavras que ligam a outras. Só que agora, ela está ficando estressada e acaba não conseguindo falar a próxima palavra. Ex: Vamos brincar de boliche. Ela diz: "va-va-vamos brincar di-di-di..." e acaba não completando a frase, chorando em seguida. Quando ela está calma e não pensando no problema, ela consegue falar. O que podemos fazer para que ela volte ao normal? Em tempo: Minha esposa acha que foi a partir do momento que começamos a colocar um remédio para evacuação (minilax), pois às vezes ela tem dificuldades para evacuar. Eu já pensei que fosse pirraça.

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Olá leitor anônimo
Pela sua descrição da fala de sua filha, entendo que se trata de uma mudança na fluência da fala. Para esclarecer sua dúvida, recomendo que leia o artigo sobre fluência da fala em crianças: http://lugardafala.blogspot.com.br/2010/10/meu-filho-comecou-gaguejar.html, especialmente as dicas de como os pais devem agir.
Agradeço a visita ao blog!

Anônimo disse...

olá minha filha tem 4anos e seis meses, ela nasceu com gastrosquise e freno lingual e festula cervical ja foram todos corregido,ela usa aparelho auditivo leve do direito e moderado do esquerdo.ela fala mais troca as palavras como preto ela fala peto ,prá fala plá.... ela esta fazendo fono mais gostaria de saber um exercicio que poderia estar ensinando em casa..obrigada

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Olá
O fonoaudiólogo que atende sua filha poderá indicar se há exercícios a serem feitos de acordo com sua avaliação da musculatura, caso tenha encontrado hipofunção ou hiperfunção de algum órgão. Com relação à questão auditiva, é um caso de linguagem, com o qual não se trabalham exercícios, mas sim o auxílio ao desenvolvimento da comunicação. O fonoaudiólogo que acompanha o caso também pode orientar quanto a isso.
Agradeço a visita ao blog. Volte sempre!

Anônimo disse...

Ola,tenho um menino de 6 anos que troca o R pelo L em algumas palavras como pato ao inves de prato,molango ao inves morango.
Estava pagando sessões de fono pra ele,porém o valor das mesmas começou a pesar em meu orçamento (R$ 560,00 por mês).Procurei ajuda no posto de saude a fono fez uma avaliação com ele mas não idéia de quando poderá ser chamado.
Tem alguma coisa que posso fazer para ajudá - lo ???

Meu e-mail é : aninha_menininha@live.com

Aguardo uma resposta.

Lugar da Fala - Fga Kátia disse...

Cara leitora
Nesta idade pode haver alguma dificuldade motora ou pode ser uma questão linguística. A fonoaudióloga que o avaliou e atendeu deve ter lhe dado algumas instruções. Siga suas recomendações enquanto aguarda novo atendimento.
Obrigada pela visita ao blog!

Anônimo disse...

Ola, meu nome é Jovana, e tenho um filho de 5 anos e 2 meses. Ele teve muitos problemas alergicos (bronquite, asma, rinite e conjuntivite alergiaca), foi uma criança quieta e chorosa, ate perto perto dos 4 anos. Sofremos muito, ate encontrarmos um bom alergista, que mudou totalmente a vida de Enzo. Hoje com 5 anos é uma criança feliz, muiiiiito ativa. Porem esse periodo alergico deixo-nos com sequelas (citos "nos" por temos sofridos junto com ele), por ter uma respiração bucal, ele troca o r pelo l. Ja passamos por 3 fonos, e todas me disseram que foi pelo quadro de saude o atraso e alteração na fala. Estamos fazendo tratamento. Pergunto: Essa troca de letras so com terapia ele ira corrigir, ou com o tempo tudo se corrige? Pergunto isso poeque hoje, a fono me disse que como ele teve esses problemas de saude, ele ainda esta no processo de contrução da fala. Um abraço.

Lugar da Fala - Fga Kátia disse...

Oi Jovana
Esta pergunta é bem específica e só o profissional que atende o Enzo pode te responder,porque os processos alérgicos precisam de constante controle e a fala pode ou não ser afetada por eles.
Esclareça todas as suas dúvidas com a fonoaudióloga. Não fique com perguntas sem respostas,ok?
Um abraço e tenham um ótimo tratamento aí!

Anônimo disse...

ola, minha filha tem 4 anos ,ela fala rapido repetindo varias vezes o que ela quer falar, acho ela muito ansiosa e troca letras como por exemplo nome dos coleguinhas da escola kamille ela diz tamile,higor diz hidoi izadora ela fala isadola e etc..

ATENÇÃO!!!

O conteúdo desta página foi elaborado pela profissional responsável e encontra-se registrado.
Se você precisar reproduzi-lo, para evitar transtornos, por favor cite a fonte, e pode usá-lo como material informativo.

Read in your language

Quem esteve aqui este mês