BEM VINDO!!!

Olá,

Aqui no Lugar da Fala você encontra dicas, textos e outras informações para se comunicar bem.

Comunique-se e seja bem vindo!!!


Já viu os e-books que escrevi para você? Clique abaixo!

Já viu os e-books que escrevi para você? Clique abaixo!
E-books exclusivos
Está gostando deste blog?
Deixe seu comentário e vote na classificação dos textos!
É só um clique: contribua, assim, para a escolha dos próximos assuntos a serem publicados.
O Lugar da Fala é feito para compartilhar temas de comunicação.
Obrigada, mais uma vez, por sua visita!

Queridos leitores, pretendo lançar outros e-books. Me digam sobre o que gostariam de saber mais:

sábado, 6 de março de 2010

Problemas na fluência da fala



Uma das características da fala é sua fluência, isto é, quando falamos, as palavras saem encadeadas em uma determinada velocidade e ritmo, obedecendo pausas normais em um diálogo.
Nossa fluência varia naturalmente conforme as situações de diálogo. Por exemplo, se estamos apressados, empolgados ou ansiosos para falar, é comum as palavras saírem hesitantes, por metade, repetidas ou trocadas. Isso pode acontecer com qualquer falante fluente.
A Gagueira é uma alteração da fluência que acontece mais frequentemente que as disfluências ocasionais na fala (descritas acima). As pessoas que apresentam tal alteração, não conseguem controlar esta fluência, o que as faz sofrer e, muitas vezes, evitar ao máximo as situações de fala. Portanto, a melhor forma de agir quando ouvimos estas pessoas é aguardar a sua fala, olhando naturalmente para elas.
Evitar: desviar o olhar, terminar as palavras e frases do outro e interromper.
Nunca rir ou fazer piada com estas situações!
Há uma outra forma de disfluência denominada Taquifemia, que também manifesta-se por quebras, hesitações ou repetições, muito semelhante à gagueira, por isso é comum que ambas sejam confundidas. Entretanto, as pessoas que apresentam taquifemia, não relatam o sofrimento e a evitação da fala como as que apresentam gagueira.
As origens dos sintomas de disfluência na fala, como a gagueira e a taquifemia, ainda não são completamente conhecidas. As investigações englobam aspectos genéticos, neurofisiológicos, emocionais e comportamentais, mas não há comprovação específica sobre estas causas. Assim, somente por meio de avaliação e tratamento, é possível melhorar esta condição. Procure um Fonoaudiólogo!

Leia mais em Como eu posso falar sem gaguejar

2 comentários:

Fonoaudiologia disse...

Olá! Gostei bastante deste post sobre fluência da fala e acabei utilizando ele no meu blog ok? Acesse e confira: http://www.fonoaudialogando.com
É um site com assuntos relacionados a fonoaudiologia muito bacana.
Abraço!

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Ok, agradeço a divulgação do blog.
Obrigada pela visita.
Abraço

Quem esteve aqui este mês