BEM VINDO!!!

Olá,

Aqui no Lugar da Fala você encontra dicas, textos e outras informações para se comunicar bem.

Comunique-se e seja bem vindo!!!


Já viu os e-books que escrevi para você? Clique abaixo!

Já viu os e-books que escrevi para você? Clique abaixo!
E-books exclusivos
Está gostando deste blog?
Deixe seu comentário e vote na classificação dos textos!
É só um clique: contribua, assim, para a escolha dos próximos assuntos a serem publicados.
O Lugar da Fala é feito para compartilhar temas de comunicação.
Obrigada, mais uma vez, por sua visita!

Queridos leitores, pretendo lançar outros e-books. Me digam sobre o que gostariam de saber mais:

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Como ajudar seu filho a falar melhor


Muitos pais pedem exercícios para a criança falar melhor. Já expliquei no outro post que não é possível recomendar exercícios (clique no link anterior para ler o texto). Portanto, queridos pais, o que podem fazer é brincar com o seu filho, pois as crianças se desenvolvem brincando.
Então, aqui vão 6 atividades que podem ajudar seu filho a falar melhor:
  1. leia ou conte histórias legais para a criança
  2. jogue bola com a criança
  3. construam brinquedos de sucata juntos
  4. brinquem com cantigas e parlendas
  5. divirtam-se com os sons durante a brincadeira
  6. brinque com ela do que ela sugerir, deixe a criança conduzir a brincadeira
Se mesmo com atividades lúdicas em casa e na escola a criança ainda mantiver dificuldades na fala, ela deve ser avaliada e tratada por um fonoaudiólogo.

Veja também o "Manual prático para pais que querem ver seus filhos se expressando bem"

19 comentários:

Anônimo disse...

Ler seu blog foi muito instrutivo.Trabalho com crianças que moram no campo,por isso nao tem acesso ao profissional,e suas familias nao se envolvem ao ponto de buscar ajuda.Tenho alunos com dificuldades na pronuncia de palavras com r, tr,pr e que falam com a lingua saindo entre os dentes, fico preocupada pois estao em periodo de alfabetização e isso tem atrapalhado seu desenvolvimento.Será que seria ético procurar um profissional que me orientasse com relação a exercicios que melhorem essa dificuldade?

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Olá
Obrigada pelo contato e pela visita ao blog.
Como você leu aqui, um fonoaudiólogo não recomendará exercícios sem avaliar as crianças. Não existem exercícios universais para qualquer caso. Cada um é tratado de acordo com sua estrutura orgânica/funcional e período de desenvolvimento.
Os professores e a família podem ajudar falando corretamente com a criança e envolvendo-a em atividades diversas que usem a linguagem. Recomenda-se que não fiquem "corrigindo" o tempo todo, apenas repitam a palavra com os sons pronunciados no padrão adulto e deixem a criança se expressar.
Outras dicas estarão no blog semanalmente.
Um abraço

Daiane Cruz disse...

Boa Tarde,
minha filha completou 3 anos e tem dificuldades na fala em palavras soltas ela fala muito bem mas num diálogo ela se enrola mais tenta falar corretamente por exemplo em vez de falar "fada" ela falava chada agora ela consegue falar corretamente e quando fala errado ela mesmo se corrige. estou na fila de espera para consegui um acompanhamento com fono, enquato não consigo estou estimulando em casa um detale ela ainda não estar na escola mais já estou á procura.gostaria de alguma orientação já que está muito dificil consegui vaga na rede pública.
desde já agradeço.

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Olá Daiane
Algumas dificuldades necessitam de mesmo de auxílio profissional. E você acertou em procurar ajuda cedo, pois o quanto antes for possível o acompanhamento fonoaudiológico, espera-se que os resultados também apareçam mais rápido.
Continue conversando bastante com ela, sem repetir a forma como ela fala, mas apenas mostrando o seu padrão de fala.
Um abraço e obrigada pela visita ao blog

Mara Mulher Mãe disse...

Boa tarde,
Muito interessante esse blog.Já li todas as dicas necessárias e vou marcar um fono para meu filho Arthur, ele tem 1 ano e 10 meses e não fala nem 10 palavras e, as que fala tem muita dificuldade ele é muito nervoso, quando contrariado bate a cabeça no chão e as vezes até se machuca, ele conversa muito do jeito dele mas não entendemos muito.Já quis procurar ajuda antes e meu marido não deixa fala que toda criança tem seu tempo,mas sinto algo que me incomoda.Gostaria de uma indicação profissional, será que devo procurar apenas um fono? ou outro profissional?qual?.
Grata,
Jacimara

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Obrigada pelo comentário, Mara
Sugiro que marquem consulta com um fonoaudiólogo "especialista em linguagem". Ele orientará quanto à procura de outros profissionais, se necessário.
Grande abraço pra você

Anônimo disse...

Olá, minha filha tem um 1 ano e 6 meses, ela fala dádádá, liguiliguiligui, takai, mâ, mais palavras mesmo ela não fala. Ela diz não com o dedinho , é muito ativa, adora fazer uma bagunça e o que não pode. Meu marido viaja e acaba sendo só nos duas porque nossa familha mora em outra cidade. Estou preocupada por ela não falar nem mamãe ou papai que são coisas simples. Minha pergunta é seria melhor eu procurar um fonoaudiólogo para ajuda-la a se comunicar, deveria colocá-la em uma escolinha ou estou me preocupando a toa? Minha maior preocupação é que na família do meu marido o irmão dele e a sobrinha tem problemas de atraso não sei o nome da doença e nem se é genético pois eles não falam do assunto e não gostaria de ser inconveniente. Qual sua recomendação ?

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Olá leitor(a) anônimo(a)
Observe se o vocabulário de sua filha aumenta a cada semana. Caso você não perceba aumento no número de palavras, recomendo uma avaliação fonoaudiológica. Leia aqui no blog as dicas para incentivar a expressão oral das crianças e contribuir para o desenvolvimento da fala.
Obrigada pelo comentário e pela visita.

Anônimo disse...

Olá minha filha completou 10 anos e apresenta dificuldade na fala uma delas é a gagueira e outra ela troca algumas letras como o cebolinha da turma da Mônica.
Gostaria de saber se há algum exercício destinado a esse problema e que eu possa fazer em casa.
Eder Santos
Santarém - Pará

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Bom dia, Eder
Um fonoaudiólogo não recomendará exercícios sem avaliar as crianças. Não existem exercícios universais para qualquer caso. Cada um é tratado de acordo com sua estrutura orgânica/funcional e período de desenvolvimento. Algumas dificuldades necessitam de auxílio profissional, especialmente como você descreve combinação de gagueira com dificuldade para articular as palavras. Marque uma consulta fonoaudiológica, na qual será realizada a avaliação e definida a conduta a ser trabalhada com sua filha.
Leia aqui no blog também: "Indicação de exercícios fonoaudiológicos" e os textos sobre "Fluência na fala" para esclarecer melhor as suas dúvidas.
Obrigada pelo contato e pela visita ao blog.

Anônimo disse...

Obrigado pela orientação
Sucesso e bom dia.
Eder Santos

Anônimo disse...

Meu marido tem 30 anos, e sempre teve dificuldades na escrita, ele sempre troca as letras e coloca a letra "r" no final das palavras, contudo ele é comunicativo, mas possui também dificuldades em articular algumas palavras como:urologia... Já tentei ajuda-lo fazendo correções de textos escritos por ele, mas ele não consegue reconhecer onde esta o seu erro na escrita, e isso tem atrapalhado ele em sua formação profissional, por isso peço uma orientação do que podemos fazer para ajuda-lo.

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Me parece que você já o tem ajudado da forma que podia. Já consultaram com um fonoaudiólogo? Este é o profissional que avalia dificuldades na linguagem oral e escrita. Não é um profissional que simplesmente recomenda exercícios, mas que identifica as dificuldades por meio da avaliação e conduz esratégias que facilitam a expressão da linguagem em pessoas de todas as idades. Portanto, será a melhor ajuda a ser prestada neste momento.
Agradeço a visita ao blog! Sejam sempre bem-vindos!

Anônimo disse...

Olá, boa noita parabens pelo blog é muito útil aos pais eu tenho um filho de 3 anos e 10 meses, ele começou a ir para escola no ano passado não falava frases completas somente palavras soltas como: casa,carrinho... agora ele falar melhor consegui contar como foi o dia de aula tem algumas dificuldades para contar historia se enrolado com as palavras na qual vc não entende. não tem dificuldade em pronunciar palavras com : R,S, P, entende tudo que vc fala com ele. é um caso preocupante por favor me ajude.

elizangela de campos ,RJ

Fonoaudióloga Kátia Bianchi disse...

Olá Elizangela
Como você viu em várias respostas aqui no blog: é preciso avaliar com um(a) fonoaudiólogo(a). É uma criança de quase 4 anos com alterações na fala. Procurem marcar assim que possível para que ele consiga superar logo estas dificuldades.
Um abraço

Anônimo disse...

Oi meu filho tem 3 anos 8 meses e tem muita dificuldade com a pronuncia correta da palavra.Ele troca "f" por "p", "ch" por "t","v" por "b", enfim, tem muita dificuldade. Eu tento ensina-lo, mas ele nao consegue.. vc acha um problema preocupante? O que me sugere?

Lugar da Fala - Fga Kátia disse...

Sugiro que marque uma consulta fonoaudiológica, uma vez que já tenta ajudá-lo em casa e a dificuldade tem permanecido.
Obrigada pela visita ao blog!

Djully Suellen disse...

MEU FILHO TEM 5 ANOS TEM A DIFICULDADE NAS LETRAS R E L EM ALGUMAS PALAVRAS E SE ENROLA UM POUCO NA HORA DE FALAR COMO EU POSSO MELHORAR ISSO....OBRIGADO PELA ATENÇAO DESDE JÁ

Lugar da Fala - Fga Kátia disse...

Siga as dicas do texto e marque uma consulta com um fonoaudiólogo.
Obrigada pela visita ao blog!

Quem esteve aqui este mês